Como funciona a variação de preço no Mercado Livre de Energia?

Entenda como acontece a variação de preço no Mercado Livre de Energia e como minimizar os riscos para a sua empresa!

Data de publicação: 02/05/2024

Uma das maiores preocupações das empresas que buscam soluções no Mercado Livre é a variação de preços de energia. Por ser um ambiente de negociação livre, é comum notar oscilações que sempre causam certa apreensão nos gestores.

No entanto, entender como essa volatilidade acontece é crucial para encontrar oportunidades e fechar contratos compatíveis com o planejamento estratégico. Com uma assessoria especializada, será possível identificar soluções mais vantajosas.

Se você quer entender como é a variação de preço de energia e dicas para lidar com a situação da melhor forma, continue a leitura e saiba como é possível superar os desafios e minimizar os riscos no Mercado Livre de Energia!

Como o preço da energia é definido no Mercado Livre?

No mercado regulado, onde as concessionárias atuam, os preços praticados são definidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Sendo assim, são pré-definidos e influenciados por diferentes fatores, encargos e condições de geração.

Já no Mercado Livre de Energia, as empresas podem negociar as condições para contratar o fornecimento de energia. Por esse motivo, os valores são voláteis e estabelecidos de acordo com a fonte geradora, condições de mercado e métricas.

A principal é o Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), utilizado no Mercado Livre para definir o valor da energia no curto prazo. Calculado e divulgado semanalmente pela Câmara de Comercialização de Energia (CCEE), funciona para equilibrar os custos de oferta e demanda.

Esse preço é determinado por meio de um processo complexo que leva em consideração vários fatores, tais como: as condições hidrológicas (níveis dos reservatórios das hidrelétricas), a demanda por energia elétrica, a disponibilidade ou uso de outras fontes de geração, os custos de operações das usinas, entre outros.

Basicamente, o PLD é definido considerando a diferença entre o volume de energia gerada e o que foi realmente consumida. Com isso, auxilia a identificar déficit e promover o equilíbrio no valor para o consumidor e o custo operacional.

O PLD varia periodicamente e é a medida mais utilizada como referência para as negociações entre consumidores livres e a comercializadora de energia. Mesmo com as oscilações, proporciona previsibilidade nos contratos e na contratação de energia sob demanda.

Como funciona a variação dos preços no Mercado Livre de Energia?

A busca por alternativas sustentáveis e econômicas de energia é algo que tem crescido muito nos últimos anos. E, para atender a essa demanda, surgem diferentes modalidades voltadas para consumidores e empresas, e duas opções se destacam: a geração distribuída e o autoconsumo remoto.

Essas duas alternativas oferecem muitas vantagens tanto no aspecto financeiro quanto para o meio ambiente, no entanto, elas apresentam diferentes características. Sendo assim, é necessário conhecer os detalhes de cada uma delas para que se faça uma escolha eficiente e voltada para seus objetivos.

Neste artigo, apresentaremos o que é e como funciona cada uma das modalidades, suas diferenças, benefícios e quem pode aderir a cada uma delas. Acompanhe o conteúdo e entenda como adotar uma solução energética mais sustentável e econômica para sua empresa.

Diferentemente do Ambiente de Contratação Regulada, o Mercado Livre de Energia permite a negociação de valores e condições para o fornecimento da eletricidade. Ou seja, uma empresa pode estabelecer um contrato personalizado com a geradora ou comercializadora.

Por essa razão, o preço da energia varia de acordo com questões estruturais e conjunturais, mesmo com a influência do PLD. Em outras palavras, a oscilação dos valores é influenciada pelos seguintes fatores:

  • condições climáticas;
  • volume de produção;
  • custo do déficit de energia;
  • tipo de fonte geradora;
  • demanda por energia;
  • disponibilidade de geração e transmissão;
  • preços dos combustíveis.

Nos contratos de longo prazo o valor não sofre muitas oscilações devido ao maior tempo para consumo. Já nos de curto e médio prazo, o preço é mais volátil devido à negociação do excedente de energia e dos possíveis déficits.

Por que o preço é mais em conta no Mercado Livre de Energia?

A diferença dos valores praticados no Mercado Cativo e no ambiente livre podem ser significativas. No Mercado Livre de Energia, as condições são negociáveis e saem mais em conta, mesmo com as influências e a variação do preço de energia.

O consumidor livre de energia encontra um ambiente mais flexível e competitivo, o que abre oportunidades para encontrar preços mais atrativos. Ao contrário do ambiente cativo, onde as questões comerciais não podem ser negociadas com a concessionária.

Confira a seguir, quais os motivos que tornam o Mercado Livre mais barato!

Negociação livre e competição

A possibilidade de negociação livre entre consumidores e geradores permite chegar a valores mais baixos, dependendo da fonte e do tempo de contrato. Além disso, a ampla concorrência facilita o acesso a preços mais competitivos para o fornecimento.

Previsibilidade dos custos

Quando uma empresa decide estabelecer um contrato de longo prazo com um novo fornecedor de energia, é possível ter previsibilidade dos custos. Dessa forma, não há tanta influência da volatilidade e será possível ter um contrato mais vantajoso.

Contratos personalizados

As empresas que atuam no Mercado Livre de Energia podem negociar contratos personalizados e com um valor mais adequado ao perfil do cliente. Ou seja, com a contratação sob demanda, condições de pagamento negociáveis e previsibilidade da sazonalidade.

Livre escolha da fonte de energia

No Mercado Livre de Energia, o consumidor pode priorizar uma fonte limpa e renovável, como a solar. A oportunidade para ter uma geração econômica e sustentável, compatível com as estratégias e valores empresariais.

Livre das bandeiras tarifárias

Os preços no Mercado Livre de Energia não são influenciados pelas bandeiras tarifárias, que mudam sempre que há necessidade de uso das termoelétricas. A contratação é realizada com base nas necessidades do consumidor e garantem maior previsibilidade.

Como lidar com a variação do preço de energia no Mercado Livre?

As vantagens de ser um consumidor livre de energia são muitas e vão além da possibilidade de economizar. Trata-se da liberdade de escolha para um contrato que atende as expectativas com eficiência, com uma geração de energia limpa.

Entretanto, como o Mercado Livre de Energia é um ambiente passível de variações, uma boa gestão de riscos é indispensável. Boas estratégias e um acompanhamento profissional são essenciais para evitar transtornos e garantir um contrato atrativo.

Veja a seguir, tudo que precisa considerar para lidar com as variações no Mercado Livre de Energia!

Tenha uma estratégia e estude o mercado

Antes de tudo, a empresa deve ter uma estratégia definida para a transição energética e realizar um acompanhamento do mercado. O conhecimento é muito importante para esclarecer as dúvidas e direcionar as decisões considerando o objetivo do negócio.

Além das questões financeiras, é preciso entender todos os riscos, a melhor fonte de energia e o volume necessário para atender as operações. Inclusive, sobre todas as possíveis influências nos valores, como os encargos setoriais e outros fatores.

Contrate o volume de energia ideal

Um dos principais pontos que devem estar claros para atuar no Mercado Livre é a demanda de energia que a empresa precisa. É preciso saber qual a curva de consumo, cálculo da demanda, sazonalidades para a composição do contrato.

A percepção sobre esses aspectos auxilia a definir o prazo do contrato e um pacote de energia que atenda, sem excessos ou falta. Consiste em uma medida importante para proteger das variações dos preços e garantir um fornecimento de qualidade.

Conte com especialistas

Uma assessoria especializada também é fundamental para garantir uma migração segura para o Mercado Livre de Energia. Sobretudo, para ter uma representação eficiente junto a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Portanto, a escolha de uma empresa confiável e especialista é um dos passos mais importantes para evitar riscos. Os profissionais têm maior expertise para lidar com as oscilações, o que facilita a encontrar oportunidades para atender a empresa.

Quais as mudanças e previsões do mercado livre de energia?

O setor energético brasileiro está em constante evolução e grande parte das novidades estão no Mercado Livre de Energia. Considerada uma das maiores tendências de mercado, a expectativa é um aumento significativo de adesões.

Ainda mais a partir das mudanças nas regras para a migração, que tornaram tudo mais acessível. A partir de janeiro de 2024, as pequenas e médias empresas com tensão acima de 2,3 kV podem escolher e negociar o fornecimento de energia.

Anteriormente, apenas consumidores de alta tensão e com demanda mínima contratada de 500 kW poderiam entrar no Mercado Livre e com a mudança, muitos empreendimentos já podem mudar o fornecedor. Uma oportunidade para a redução dos custos e fomentar novos negócios no setor de energia.

Conheça as soluções EDP para o Mercado Livre de Energia!

Se a sua empresa deseja economizar na conta de energia e adotar uma fonte limpa, o Mercado Livre Varejista é a solução ideal. Você terá a oportunidade de escolher o fornecedor e negociar um contrato personalizado e mais econômico em relação ao mercado regulado.

Com a EDP, empresa global e especialista em energias renováveis, sua empresa terá um apoio completo e soluções inteligentes. A melhor alternativa para migrar para o Mercado Livre sem transtornos e com uma assessoria experiente.

Os consultores da EDP avaliam todo o histórico de energia da empresa para criar um contrato que atenda a todos os requisitos. O serviço acontece em etapas simples, por exemplo:

  • análise da viabilidade regulatória;
  • análise da viabilidade financeira;
  • desenvolvimento e assinatura do contrato;
  • migração para o mercado livre de energia.

Na EDP, a contratação é facilitada e com diferenciais exclusivos, como uma plataforma online para o acompanhamento das informações. Inclusive, com a opção de adquirir certificação de uma energia proveniente de fonte renovável, e a confiabilidade para reduzir riscos operacionais.

Em conclusão, notamos que embora a oscilação do preço no Mercado Livre de Energia seja natural, é possível realizar bons negócios. Uma oportunidade atrativa para reduzir a conta de luz e adotar uma fonte limpa com maior praticidade.

Agora que entendeu sobre a variação de preço no Mercado Livre de Energia, o que acha de conhecer soluções incríveis para seu negócio? A EDP tem a modalidade Mercado Livre Varejista, uma opção simplificada para quem quer economizar nas contas de energia sem ter que investir tempo e recursos em tarefas operacionais e burocráticas da migração.

Artigos relacionados